Hino à Morrighan

54525749_10214663353366659_4711716957802463232_n
                 Morrighan por Luciana Cavalcanti acrílica s/tela 54×84  2019
HINO À MORRIGHAN   ISAAC BONEWITS ADF 1986
TRADUÇÃO DUBHEASA GRIANACH 2019
para ser cantada ao ritmo de My Lagan Love
O Morrigan, chamamos seu nome
Através dos anos empoeirados.
Você nos fala de sangue e luxúria.
Você nos mostra todos os nossos medos.
Você é uma deusa, velha e sábia.
Seu poder sagrado não tem escassez.
Sob suas asas, pretas, vermelhas e brancas
Nós aprendemos sobre morte e nascimento.
Você anda por esta terra ancestral
Suas farturas são cruas e claras.
Você faz as colheitas crescerem ricas e fortes,
Bem como seus gansos e veados.
Uma mocinha flertando, uma bruxa sensual
Uma mãe de cintura larga
Sem o toque de suas asas negras
Nós não podemos curar a terra.
Você flutua sobre uma onda vermelha de sangue,
De espadas e lanças e facas.
Sua voz inspira medo e pavor
de que cortes nossas vidas.
Você tenta os guerreiros,à coragem inflamada
Nossas almas internas desenterras.
Sem o toque de suas asas vermelhas
Nós não podemos conhecer nosso valor.
Você voa acima das nuvens prateadas,
Para o portão brilhante de Manannan.
Você leva os mortos ao longo desse caminho,
Para conhecer nosso destino final.
A piada está sobre nós, nos encontramos em
Uma terra de risos e de alegria.
Sem o toque de suas asas brancas
Nós não podemos ter renascimento.
O Morrigan, chamamos seu nome
Através dos anos empoeirados …
Anúncios